Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O blog catita

ideias e comentários do dia-a-dia e do design

O blog catita

ideias e comentários do dia-a-dia e do design

11
Dez13

Designer Dezembro: Jean-François D’or

Em 1989, o belga Jean-François D’or formou-se em design industrial, na La Cambre (escola superior de artes visuais) em Bruxelas.

instituição com 85 anos de existência fundada em Maio de 1927por Henry van de Velde e que desde então se tem afirmado como uma das referências máximas do ensino no país.

Após a licenciatura, marcou a sua carreira profissional pela resposta variada de solicitações de trabalhos. Após a conclusão de um projeto em Nova Iorque, o designer juntou-se à marca belga Light onde trabalhou numa equipa composta por profissionais tão exigentes quanto Maartn Van Severen e Hans De Pelsmacker.

Os seus produtos são pensados para marcar e enriquecer as atmosferas para que foram pensados. É um criativo com objetivos simples, realçando a lógica de cada produto torna o seu design evidente com uma poesia discreta. Ele vê a profissão como um elemento importante no surgimento de tecnologias inovadoras e na relação de trocas culturais e económicas.  

Desde 2003 que vive e trabalha em Bruxelas, onde abriu a sua empresa Loudordesign Studio.

Em 2009, ganhou o Henry van de Velde Label, com o seu “disk lamp”, em 2012 o Prémio Reciprocity” com o espelho “Elisabeth”, e foi nomeado Designer belga do ano 2013. 

 

18
Nov13

Designer Novembro: Aaron Draplin

Aaron nasceu em 1973 na cidade de Detroit. Crescendo rodeado de Legos, Star Wars, viagens de família, irmãs mais novas, diversão, praia, pontos, quedas, desenhos, skate e snowboard, aos 19 mudou-se para o  Oregon para bater saltos " Out West ". A sua carreira começou com um gráfico para snowboard da Solids snowboard e descolou logo depois.  Tudo dsdee letras e sinais de café a elaboração de logotipos ou campanhas publicitárias locais foram tratadas pela recém-formada - Draplindustries Design Co.

Depois de cinco anos voltou para Minneapolis para terminar uma licenciatura em design no Colégio Minneapolis de Arte e Design. Durante este tempo ele poliu as suas habilidades de design, aprendeu a soldar e como desenvolver uma foto em produtos químicos desagradáveis. 

Em Abril de 2000 , tornou-se diretor de arte com a revista snowboarder. Em 2000 ganhou o " Diretor de Arte do Ano" para a Primedia.

Dois anos depois,  Cinco Design Office of Portland, ofereceu um show Designer Senior, e mudou-se para trabalhar sobre as contas Gravis, Helly Hansen e Nixon.

O Draplin Design Co. começou no outono de 2004. Quatro anos depois, orgulha-se de informar que conseguiu "manter tudo fora do vermelho." Ele trabalha com a  Coal Headwear, a Union Binding Company, Snowboard Magazine, Field Notes memo books, Ride Snowboards, Forum Snowboards, Grenade Gloves, Chunklet Magazine, Cobra Dogs, Absinthe Films, NemoDesign, Gnu Snowboards, RVL7 Apparel, Burton Snowboards, K2 Snowboards, Bonfire Snowboarding Apparel, South American Snow Sessions, Headwear Coal, bem como todos os tipos de one-off logotipos, t -shirt gráficos e tudo mais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

24
Set13

Designer Setembro: NB Studio

Alan Dye e Nick Finney são os directores criativos do NB studio. Começaram no pentagram, até que decidiram dedicar-se ao seu proprio espaço.

Têm trabalhado em diferentes setores ao longo dos anos, desde o sector cultural, à empresa B2B, varejo e educação. O foco nos clientes, permitiu-lhes cultivar relacionamentos de longo prazo com eles.  No seu trabalho modo de trabalhar eles começam a pensar sobre o que fazer - como se aproximam do design - e não o que o resultado final se parece.

Na sua longa e diversificada lista de clientes encontram-se a John Lewis, Knoll, Chivas, Mercedes-Benz, WWF, Museum of London, TATE, University of Oxford, BBC.

06
Ago13

Designer Agosto: Vico Magistretti

Vico Magistretti, nasceu em Milão em 1920, e foi um dos designers mais conhecidos na Itália e internacionalmente pelo seu design de formas simples e funcionais. Estudou na Escola Politécnica de Milão e terminou a sua formação universitária em Lausanne, na Suiça. Como arquiteto foi responsável por vários edifícios em Milão, onde se tornou um dos promotores do Movimento Studi per L’Architettura. No design desenvolveu principalmente móveis e luminárias funcionais com linhas simples e pregnantes. Seu design estava mais em sua cabeça do que no papel - “Gosto do conceito de design, aquele que fica tão claro que nem é preciso desenhá-lo.” Trabalhou como consultor para importantes marcas como: Cassina, O-Luce, Artemite, Knoll International e Olivetti. Dos muitos prémios que recebeu, destacam-se o Compasso d’Oro, 1967 e 1969, e Medalha de Ouro nas Trienais de Milão de 1948 e 1954. Vico morreu aos 85 anos, como um dos designers do período de sucesso do design Italiano, tornando suas obras icónicas, transgressoras e críticas. 

 

 

 

 

 

 


04
Jul13

Designer Junho: Ronan Bouroullec e Erwan Bouroullec

Ronan Bouroullec (nascido em 1971) e Erwan Bouroullec (nascido em 1976) têm trabalhado juntos há cerca de dez anos. Sua colaboração é um diálogo permanente, alimentada pelas suas personalidades distintas e uma intenção compartilhada de alcançar mais equilíbrio e delicadeza.

Em 1997, eles apresentaram Disintegrated Kitchen no Salon du Meuble em Paris e foram vistos por Giulio Cappellini, que lhes deu seus primeiros projetos de design industrial. Em 2000, trabalharam com Issey Miyake num espaço para a nova coleção de roupas A-Poc em Paris. A relação com a Vitra Rolf Fehlbaum resultou na concepção de um novo tipo de sistema de escritório, Joyn, em 2002. Este foi o início de uma parceria especial que deu frutos em vários projetos, incluindo Algues, o sofá Alcova, o Worknest, o Presidente lento, o vegetal ou L'Oiseau.

Hoje, Ronan e Erwan Bouroullec projetam para vários fabricantes, nomeadamente a Vitra, Kvadrat, Magis, Kartell, estabelecida and Sons, Ligne Roset, Axor, Alessi, Issey Miyake, Cappellini, Mattiazzi, Flos, Módena e mais recentemente para a Hay.

Ao mesmo tempo, eles mantêm uma atividade experimental que é essencial para o desenvolvimento de seu trabalho na Galerie kreo, Paris, onde foram realizadas quatro exposições de seus projetos entre 2001 e 2012. Eles também embarcaram em projetos arquitetônicos ocasionais como a Casa flutuante em 2006, as lojas Camper em Paris, Copenhagen e Roma (2009-2011), o restaurante do Hotel Casa Camper, Dos Palillos, em Berlim (2010) e os showrooms Kvadrat em Estocolmo (2006) e Copenhague (2009).