ideias e comentários do dia-a-dia e do design

11
Dez 13

Em 1989, o belga Jean-François D’or formou-se em design industrial, na La Cambre (escola superior de artes visuais) em Bruxelas.

instituição com 85 anos de existência fundada em Maio de 1927por Henry van de Velde e que desde então se tem afirmado como uma das referências máximas do ensino no país.

Após a licenciatura, marcou a sua carreira profissional pela resposta variada de solicitações de trabalhos. Após a conclusão de um projeto em Nova Iorque, o designer juntou-se à marca belga Light onde trabalhou numa equipa composta por profissionais tão exigentes quanto Maartn Van Severen e Hans De Pelsmacker.

Os seus produtos são pensados para marcar e enriquecer as atmosferas para que foram pensados. É um criativo com objetivos simples, realçando a lógica de cada produto torna o seu design evidente com uma poesia discreta. Ele vê a profissão como um elemento importante no surgimento de tecnologias inovadoras e na relação de trocas culturais e económicas.  

Desde 2003 que vive e trabalha em Bruxelas, onde abriu a sua empresa Loudordesign Studio.

Em 2009, ganhou o Henry van de Velde Label, com o seu “disk lamp”, em 2012 o Prémio Reciprocity” com o espelho “Elisabeth”, e foi nomeado Designer belga do ano 2013. 

 

publicado por catita às 23:27

18
Nov 13

Aaron nasceu em 1973 na cidade de Detroit. Crescendo rodeado de Legos, Star Wars, viagens de família, irmãs mais novas, diversão, praia, pontos, quedas, desenhos, skate e snowboard, aos 19 mudou-se para o  Oregon para bater saltos " Out West ". A sua carreira começou com um gráfico para snowboard da Solids snowboard e descolou logo depois.  Tudo dsdee letras e sinais de café a elaboração de logotipos ou campanhas publicitárias locais foram tratadas pela recém-formada - Draplindustries Design Co.

Depois de cinco anos voltou para Minneapolis para terminar uma licenciatura em design no Colégio Minneapolis de Arte e Design. Durante este tempo ele poliu as suas habilidades de design, aprendeu a soldar e como desenvolver uma foto em produtos químicos desagradáveis. 

Em Abril de 2000 , tornou-se diretor de arte com a revista snowboarder. Em 2000 ganhou o " Diretor de Arte do Ano" para a Primedia.

Dois anos depois,  Cinco Design Office of Portland, ofereceu um show Designer Senior, e mudou-se para trabalhar sobre as contas Gravis, Helly Hansen e Nixon.

O Draplin Design Co. começou no outono de 2004. Quatro anos depois, orgulha-se de informar que conseguiu "manter tudo fora do vermelho." Ele trabalha com a  Coal Headwear, a Union Binding Company, Snowboard Magazine, Field Notes memo books, Ride Snowboards, Forum Snowboards, Grenade Gloves, Chunklet Magazine, Cobra Dogs, Absinthe Films, NemoDesign, Gnu Snowboards, RVL7 Apparel, Burton Snowboards, K2 Snowboards, Bonfire Snowboarding Apparel, South American Snow Sessions, Headwear Coal, bem como todos os tipos de one-off logotipos, t -shirt gráficos e tudo mais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por catita às 16:08

24
Set 13

Alan Dye e Nick Finney são os directores criativos do NB studio. Começaram no pentagram, até que decidiram dedicar-se ao seu proprio espaço.

Têm trabalhado em diferentes setores ao longo dos anos, desde o sector cultural, à empresa B2B, varejo e educação. O foco nos clientes, permitiu-lhes cultivar relacionamentos de longo prazo com eles.  No seu trabalho modo de trabalhar eles começam a pensar sobre o que fazer - como se aproximam do design - e não o que o resultado final se parece.

Na sua longa e diversificada lista de clientes encontram-se a John Lewis, Knoll, Chivas, Mercedes-Benz, WWF, Museum of London, TATE, University of Oxford, BBC.

publicado por catita às 00:22

06
Ago 13

Vico Magistretti, nasceu em Milão em 1920, e foi um dos designers mais conhecidos na Itália e internacionalmente pelo seu design de formas simples e funcionais. Estudou na Escola Politécnica de Milão e terminou a sua formação universitária em Lausanne, na Suiça. Como arquiteto foi responsável por vários edifícios em Milão, onde se tornou um dos promotores do Movimento Studi per L’Architettura. No design desenvolveu principalmente móveis e luminárias funcionais com linhas simples e pregnantes. Seu design estava mais em sua cabeça do que no papel - “Gosto do conceito de design, aquele que fica tão claro que nem é preciso desenhá-lo.” Trabalhou como consultor para importantes marcas como: Cassina, O-Luce, Artemite, Knoll International e Olivetti. Dos muitos prémios que recebeu, destacam-se o Compasso d’Oro, 1967 e 1969, e Medalha de Ouro nas Trienais de Milão de 1948 e 1954. Vico morreu aos 85 anos, como um dos designers do período de sucesso do design Italiano, tornando suas obras icónicas, transgressoras e críticas. 

 

 

 

 

 

 


publicado por catita às 00:17

04
Jul 13

Ronan Bouroullec (nascido em 1971) e Erwan Bouroullec (nascido em 1976) têm trabalhado juntos há cerca de dez anos. Sua colaboração é um diálogo permanente, alimentada pelas suas personalidades distintas e uma intenção compartilhada de alcançar mais equilíbrio e delicadeza.

Em 1997, eles apresentaram Disintegrated Kitchen no Salon du Meuble em Paris e foram vistos por Giulio Cappellini, que lhes deu seus primeiros projetos de design industrial. Em 2000, trabalharam com Issey Miyake num espaço para a nova coleção de roupas A-Poc em Paris. A relação com a Vitra Rolf Fehlbaum resultou na concepção de um novo tipo de sistema de escritório, Joyn, em 2002. Este foi o início de uma parceria especial que deu frutos em vários projetos, incluindo Algues, o sofá Alcova, o Worknest, o Presidente lento, o vegetal ou L'Oiseau.

Hoje, Ronan e Erwan Bouroullec projetam para vários fabricantes, nomeadamente a Vitra, Kvadrat, Magis, Kartell, estabelecida and Sons, Ligne Roset, Axor, Alessi, Issey Miyake, Cappellini, Mattiazzi, Flos, Módena e mais recentemente para a Hay.

Ao mesmo tempo, eles mantêm uma atividade experimental que é essencial para o desenvolvimento de seu trabalho na Galerie kreo, Paris, onde foram realizadas quatro exposições de seus projetos entre 2001 e 2012. Eles também embarcaram em projetos arquitetônicos ocasionais como a Casa flutuante em 2006, as lojas Camper em Paris, Copenhagen e Roma (2009-2011), o restaurante do Hotel Casa Camper, Dos Palillos, em Berlim (2010) e os showrooms Kvadrat em Estocolmo (2006) e Copenhague (2009).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por catita às 22:04

26
Mai 13

Susan Kare (nascida em 1954, em Nova Iorque) é uma artista e designer gráfica que criou muitas das interfaces para a Apple em 1980.

Susan Kare trabalhou na Apple Computer, a partir de 1982. Ela foi originalmente contratada para o grupo de software Macintosh para design de gráficos e fontes do interface. Mais tarde, ela foi diretora de criação da Apple em Serviços Criativos de trabalho para o diretor da organização, Tom Suiter.

Ela é a criadora de muitas fontes, ícones e material de marketing para o sistema operacional Macintosh. De facto, descendentes de seu trabalho inovador ainda podem ser visto em muitas ferramentas e acessórios, especialmente ícones como o Lasso, o Grabber, e o Paint Bucket. Suas obras mais conhecidas de seu tempo com a Apple são a fonte Chicago (a mais importante fonte de interface de usuário visto no clássico Mac OS , bem como o tipo de letra utilizado nas quatro primeiras gerações do interface da Apple iPod ) , a fonte Genebra, o original monoespaço Mónaco, o Mac feliz (o sorriso do computador que acolheu os usuários de Mac quando inicia suas máquinas), e o símbolo da tecla Command em teclados Apple.

Depois de deixar a Apple, Kare juntou-se à NeXT como designer, trabalhando com clientes como Microsoft e IBMSeus projetos para Microsoft incluiu o jogo solitário para o Windows , bem como inúmeros ícones e elementos de design para o Windows 3.0.  Muitos de seus ícones, como o bloco de notas e vários painéis de controle, permaneceu essencialmente inalterada pela Microsoft até o Windows XPPara a IBM, ela produziu ícones e elementos de design para OS / 2, para Eazel ela contribuiu iconografia ao gerenciador de arquivos Nautilus. 

A partir de 07 de fevereiro de 2007, ela produziu ícones para o recurso "presentes" do Facebook. 

Kare atualmente dirige uma prática de design digital em San Francisco e vende cópias assinadas pelo kareprints.com.

 

 

 

 

 

 

 

 


publicado por catita às 18:17

29
Abr 13

Paul Rand nasceu como Peretz Rosenbaum a 15 de Agosto de 1914. Foi um famoso designer gráfico norte-americano, mais conhecido pelos seus projetos de logotipo da empresa. Rand foi estudante no Instituto Pratt (1929-1932), na Parsons School of Design (1932-1933), e na Art Students League (1933-1934). Ele foi um dos criadores do estilo suíço de design gráfico. De 1956 a 1969, começando novamente em 1974, Rand ensinou desenho na Universidade de Yale em New Haven, Connecticut. Rand foi introduzido no New York Art Directors Club Hall of Fame em 1972. Ele projetou muitos cartazes e identidades corporativas, incluindo os logotipos para IBM, UPS e ABC. Rand morreu de cancro em 1996.

 

 

 

 

 

 

publicado por catita às 21:04

17
Mar 13

Timothy Goodman é designer, ilustrador e diretor de arte com sede em Nova Iorque. Atualmente, ele dirige o seu próprio estúdio, trabalhando para clientes como a Biblioteca Pública de Nova Iorque, SunTrust Bank e The New York Times. Anteriormente, Timothy trabalhou para a Apple Inc., onde ele ajudou na linguagem visual, nacional e internacional, e nos ambientes das lojas, eventos e lançamentos de campanha. Antes disso, ele era um designer sénior da empresa de design experiencial COLLINS:, onde trabalhou para clientes como CNN e Microsoft. Ele já recebeu prémios de design e ilustração, incluindo o prémio da Art Directors Club Young Guns, GDUSA de "People To Watch" e Print magazine’s “New Visual Artist." Nascido em Cleveland, Ohio, Timothy começou sua carreira quando pintava paredes, e se formou na Escola de Artes Visuais de Nova York, onde ele agora ensina.

 

Seu trajeto profissional passou por muitos lugares até chegar a Nova York. E, se depender dele, não irá parar por aí. 

O número 910 de um dos mais famosos hotéis de Nova York - Ace Hotel, tem as suas paredes decoradas com desenhos de Tim Goodman, representando coisas que o inspiram na cidade pela qual é apaixonado. Receber um convite desses não é nada recorrente, mas os nova-iorquinos já estão habituados com a arte de Goodman nas capas da Times, Wired e The New Yorker.

Sua obra transita por diversos materiais, cores e composições.

O “menino de Cleveland” é um dos grandes nomes do design gráfico atual.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 



publicado por catita às 00:37

20
Fev 13

Lance Wyman (nascido em Newark, New Jersey, 1937) é um designer gráfico americano. Ele é conhecido por trabalhos como o logotipo dos Jogos Olímpicos de Verão 1968 e do mapa de rota do metro de Washington.

Wyman, o filho de um pescador comercial e um digitador, trabalhou nas fábricas durante os verões para pagar a faculdade. Ele adquiriu uma apreciação para a "estética nonsense funcional do mar e das fábricas", que ele descreveu como "uma influência importante na minha abordagem para projetar". Formou-se na Pratt Institute em design industrial, em 1960. O tema do design gráfico estava sendo introduzido em universidades norte-americanas, no momento, quando Wyman conheceu um aluno que estudou logotipo  com Paul Rand em Yale , ele queria criar logotipos. 

Wyman começou a sua carreira em Detroit, Michigan, na General Motors , onde trabalhou num sistema de embalagem para Delco peças automotivas que unificou 1.200 pacotes diferentes. Mais tarde, mudou-se para o escritório de William Schmidt , onde produziu os gráficos para o pavilhão americano numa feira de comércio de 1962 em Zagreb, Jugoslávia . 

Em 1963, Wyman mudou-se  para Nova Iorque, onde se juntou a George Nelson. Ele projetou os gráficos para a Chrysler no Pavilhão Feira Mundial de Nova Iorque. Em 1966, ele participou num concurso de design para os gráficos dos Jogos Olímpicos do México. Seu logotipo "Mexico68" foi o vencedor, e lançou sua carreira. Wyman permaneceu no México por quatro anos e meio, onde desenvolveu os programas gráficos do metro da Cidade do México e da Copa do Mundo de 1970. 

Depois de voltar para Nova Iorque em 1971, Wyman formou uma parceria com Bill Cannan (Wyman & Cannan). Em 1979, ele estabeleceu sua própria empresa, Lance Wyman Ltd. Ele ensina design corporativo e wayfinding na Parsons School of Design, desde 1973.


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por catita às 22:43

04
Fev 13

Pedro Gomes é um premiado, designer apaixonado e pensador criativo.

Especializada em experiências narrativas e concepção de produtos inovadores. A chave para o sucesso é um processo de design colaborativo que vai do conceito à produção e comunicação.

Seu interesse por viajar, a partilha de experiências e culturas levaram-no a Munique - Alemanha em 2010 e San Francisco - EUA. Em 2011 trabalhou no designaffairs GmbH & Co. e One&Co.

De móveis, eletrónica de consumo, a projetos de conceito, ele teve a oportunidade de trabalhar para clientes privados, estúdios internacionais  e marcas Worlwide como HTC, Huawei, LG, Izumi Pearl, K2, e Artic (...) no desenvolvimento de produtos publicados e galardoados internacionalmente.

Curioso sobre como as pessoas interagem, e como o design pode criar a mudança, Pedro Gomes está sempre procurando o próximo desafio!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por catita às 11:43

sobre mim

ver perfil

seguir perfil

58 seguidores

pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO